sábado, 8 de agosto de 2009

Pichação: Arte ou Revolta? Um tema a se pensar...

** Leia o texto antes de comentar! Só assim irá entender, tem gente me julgando antes de ler.**

Sair em ruas, avenidas, em plena madrugada fria. Subir em casas, prédios, sentir a sensação de ser pego a qualquer minuto e levar uma surra ou um banho de tinta da polícia, ou até mesmo do próprio morador do local, mas sempre deixando sua marca lá, para que outros possam ver. Essas são umas das sensações que um pichador tem.


Mas porque eles fazem isso? Pelo prestígio de ser reconhecido por outros pichadores? Por acharem que suas letras e significados são dignos de uma arte proibida? Ou por estarem revoltados com algo e quererem “descontar” sua revolta em paredes?
R: Um pouco de cada coisa, cada um tem seu motivo. Creio eu que o último desses motivos seja essa revolta que a mídia toda diz.

Eu, como um “ex pichador”, sou meio suspeito para criticar ou dar alguma opinião lícita sobre eles, mas uma coisa eu posso fazer muito bem, e essa coisa é relatar.
Só quem já fez, sabe como é essa sensação. Por mais que seja totalmente proibida, é algo diferente.
Muitos não conseguem ter o reconhecimento na escola, no bairro, nem em sua própria casa. E acham na pichação um meio para ser “popular”. Eu particularmente pichava por causa da adrenalina, e é claro que o reconhecimento era conseqüência .

Vocês devem estar se perguntando: “Ué, se gostava tanto, porque parou?”
Hoje sairei um pouco do contexto do meu blog, e contarei uma história particular minha, assim saberá o porque do fim de meus dias como pichador.

Entre meus 15 até meus 18 anos, minha maior paixão era pichar.
Pichava casas, vielas, portões, onde tivesse um espaço e fosse um lugar bom, eu estava pichando. Eu nunca achei a pichação uma arte, se fosse arte não seria proibido, eu gostava da adrenalina que a pichação me passava, e fazia isso por gosto e não por revolta ou outras coisas do tipo. Por causa disso fiquei bem conhecido entre os pichadores do ABC Paulista...

Um certo dia, eu e meu amigo de “role de pichação” (Diego) saímos para uma baladinha. E estava combinado que quando voltássemos eu e ele ficaríamos em minha casa, esperaríamos o sol nascer, e bem de manhãzinha iríamos fazer uma pichação no muro lateral de uma faculdade aqui em Santo André (IESA). O muro é limpinho e enorme, todos queriam pichar lá.

Quando deu 6 horas da manhã, pegamos nossas coisas e fomos lá. O que seria nossas coisas?

4 litros de tinta automotiva verde. (linda por sinal, brilhava demais!)
1 rolo daqueles grandes, de pintar parede de casas. (Não sei o nome do rolo exatamente, mas é aquele maior)
Uma camiseta velha para limpar as mãos.
2 litros de água para lavarmos as mãos.


Chegando lá, o primeiro a fazer foi eu, fiz minha pichação, e passei a tinta e o rolo para o Diego, ai ele fez a dele.
Paramos e ficamos olhando nossa “obra de arte”, admirando as mesmas.
Mas quando olhei bem, vi que uma letra estava uns 8 cm menor, ai fui lá arrumar. Não sei pra que fui fazer isso...

Enquanto arrumava, passou um carro de polícia, e lá passava carros raramente, principalmente de manhã, ai eles pararam, deram a ordem para encostarmos na parede. Encostamos, nos revistaram, não tínhamos nada. Só a tinta que estava a uns 4 metros de nós.
Ai um deles pediu para que eu virasse, quando virei, não vi nada! Só senti a mão dele no meu rosto, se tivesse aquela super câmera filmando, dava pra ver minha boca ficando torta com o tapa no rosto rs. Foi um tapa em cada lado do rosto, ai esse mesmo policial foi bater no Diego, e o Diego não começa a chorar!? ¬¬.
Aí o policial ficou com dó dele, e bateu mais ainda em mim, vários tabefes, e eu lá firme, com as mãos para trás, e a cabeça erguida.

Se não bastante bater em mim, eles pediram para que tirássemos a roupa (ficássemos de cueca, que isso fique bem claro rs), e que um daria um ”banho” de tinta no outro.
Lembro-me até hoje, o Diego pegou uma garrafa (rindo ainda por cima) e derramou a tinta em minha cabeça, a tinta pegou em meus olhos e começou a arder, e eu comecei a gritar dizendo que ardia muito, ai um dos policiais pegou a camiseta velha que levamos para limpar as mãos e limpou meu olho.

Ai foi minha vez de dar o “banho” no Diego, só porque ele riu quando foi jogar a tinta em mim, eu peguei o rolo que usamos cheio de tinta, e passei no suvaco dele. rs
Ficamos todo pintados, os &%$#& dos policiais ainda tiraram foto com o celular e falaram que colocariam na internet. (procurei muito essa foto e não achei)
Ai eles deram a ordem para nós sairmos de lá, fomos para a minha casa, parecendo dois “Hulk’s”, ficamos 3 horas com a tinta no corpo, até abrir alguma loja (era Sábado) para comprarmos um removedor. Quando a loja abriu, minha irmã que tinha acabado de acordar, e por sinal riu muito da gente, foi lá e comprou o removedor. Tiramos a tinta do corpo, e eu sentia que meu olho esquerdo estava dolorido, quando eu olho no espelho...Ele estava bem roxo, foi o primeiro "tapa" do policial que fez isso.
Ai comentamos um com o outro: “Ah, pelo menos fizemos o role lá, e todo mundo vai comentar”.

Quando olhamos da minha janela (dava pra ver o muro da faculdade no prédio em que eu morava), alguém da faculdade tinha PINTADO O MURO, e nossa pichação tinha SUMIDO!
Puts, quase choramos, não conseguíamos nem falar nada!
Depois desse dia prometi que nunca mais picharia em toda minha vida, e era minha maior paixão naquele momento...


Promessa cumprida, nunca mais pichei.

Agora, mais maduro, com a “cabeça no lugar”, vejo que isso é apenas molecagem.
Um passatempo para os adolescentes terem seu “ibope”, serem “famosos”, e etc. É claro que não apoio mais esse tipo de "crime", mesmo sendo um conhecedor profundo do tema, sei que isso SUJA nossa cidade ainda mais, e a deixa cada vez menos bonita.

Ás vezes eu paro e penso, “E se aqueles policiais não tivesse pego a gente, será que eu continuaria nesse mundo?”
Não sei! Por isso que HOJE, eu “agradeço” por ter apanhado e levado um banho de tinta.

Não me arrependo de já ter feito isso, só não faria de novo. Acho que não vale a pena arriscar sua vida subindo em prédios, casas, apenas para ter sua marca lá.
Hoje sou a favor do Não-Vandalismo, e de uma cidade mais limpa e consequentemente mais bonita. Mesmo não recriminando aqueles que continuam fazendo esse tipo de coisa.

PS: A mídia passa para nós telespectadores que pichadores são só favelados, negros, e etc. E isso é a mais pura mentira! Existe todo tipo de pichador, de toda etnia, e de todas as classes sociais. ;)
E se prestarem atenção no meu texto, em nenhuma parte citei o nome "Graffiti", não confunda uma coisa com a outra.


Mas e vocês, o que acham da pichação?
Uma arte proibida?
Ou uma revolta consumida?

Abraços.

Vinicius Gabriel.

_____________________________________________________________________________________

Estamos participando do prêmio TOP BLOG, quem puder dar aquela forcinha, ficaremos muito agradecidos! É simples, basta clicar na imagem (abaixo), clicar em VOTAR, preencher os campos necessários, e depois confirmar voto pelo seu e-mail. Agradecemos desde já. Obrigado!



103 comentários:

Aninha 8 de agosto de 2009 01:29  

nem gosto de pichação hehehhe
mas gostei do seu blog
parabens moço otimo blog...

Reh *-* 8 de agosto de 2009 01:29  

Puxa!! Amei esse post!! O.O

Concordo plenamente com você...acho que o que deve ser considerado com relação a isso, a pichação no caso, não é o ato em sim... mas a causa. Ou seja, que motivos a pessoa tem pra fazer aquilo. Como vc mesmo disse, se era pra expressar alguma revolta ou mostrar o dom que tem se tornando popular. Então daí podemos ver que há um motivo, claro que muitas vezes são com intenções inapropriadas... mas quando não são? Porque generalizam dizendo que é coisa de bandido ou vagabundo? Nunca pichei nada... (e pelas consequências...nem quero...rs), mas quer saber? é um "trabalho" legal! :D hahahah... sério, acho aquilo fascinante, imagine só pra quem está desenvolvendo tal fascinação. XD
Então...tipo, há a parte boa da diversão, claro. Mas medindo as consequências, sabemos que isso é errado. Além de você está se arriscando, está prejudicando uma casa ou um comércio... tanto faz. Está fazendo algo com o lugar de alguém sem a permissão.
E se alguém se importa com a mídia... deixem que ela se dane. A mídia está sempre exagerando em tudo, seja em coisa boa como em coisa ruin. Então eu nem ligo xD

Bjus!! continue assim... o blog está ótimo!!

gAng 8 de agosto de 2009 01:35  

não sei se eh arte, arte pra mim eh o grafitti
a pichação tah mais pra revolta mesmo,mas a revolta as vezes eh necessaria... só eh ruim quando revoltam na nossa parede ^^

www.hysteria-project.blogspot.com

kbritovb 8 de agosto de 2009 01:41  

haha historia loca
mas axo q se fosse arte seria grafiti

FábioE§¢orpïão 8 de agosto de 2009 02:23  

Sinceridade?

Eu ri ...

Acho q não precisavam ter batido, mas o banho de tinta foi merecido ... que coisa idiota, sujar a parede dos outros!

O melhor foi terem pintado o muro ANTES q a "fama" chegasse! :)

Remo Yaconi Urrutia 8 de agosto de 2009 02:30  

Nunca tive interece em pixar, mas sempre achei legal... nãao disse que acho bonito, mas acho legal.
Tipo a maioria das vezes o pixe é algo que "estraga" o visual da cidade, mas as vezes eles são tão bem feitos que parece que fazem parte do "visual".

Tenho uns 2 ou 3 amigos que pixam, não sei direito o que eles sentem por pixar, até pq nunca perguntei, mas creio que deve ser algo diferente de tudo.

________________________________
Remo Yaconi Urrutia
http://remoyaconi.blogspot.com/
________________________________

Fernanda 8 de agosto de 2009 02:40  

Um horror os policiais terem batido, mas fora isso foi bem educativo, não foi? Banho de tinta, fama apagada... Nada mau! Deu certo pra plantar a ideia na cabecinha de vocês, isso deu... Pichação é sempre revolta sim, nem que seja contra a vida comum, contra o próprio anonimato. Adolescente tem uma facilidade incrível pra se revoltar e costuma demonstrar isso destrutivamente. Não há nadinha de bonito na pichação: é vandalismo tosco, estúpido, injustificado. Falta de educação, consideração e cidadania. Parabéns por ter decidido largar essa atividade e ter mantido sua palavra! Beijos e sucesso no blog!!

adenilson 8 de agosto de 2009 02:49  

arte...arte dos infernos
num dá pra entender nada.
é smepre letras[fontes] feias.
lugares dificeis de se pixar..
ou seja as pessoas não arrumam ai fik mais feia ainda a cidade...
pixe só o asfalto e tá bom xD~
a grafitagem é bm vinda...

Dayane Pereira 8 de agosto de 2009 02:52  

Eu não curto Pixação não!
AS vezes vejo umas, (não sei distinguir se é pixação ou grafite), que até chama a atençao.
Mas é foda a gente ter uma casa linda com o muro trabalhado pintado de creme, lindo, e acordar de manhã e ver esse muro cheio de tinta!Sem prévio aviso!
Isso eu não curto, mas a parte que é arte, ai sim , eu apoio!

Humberto Deveza 8 de agosto de 2009 02:57  

Bem, eu não sou a favor da pichação. E não é só pelo que a mídia me passa, não. Já tive experiências pessoais com pichações. Além de sujar as paredes, muros, elas também sujam a moral da cidade e envergonham os cidadãos. De boa, foi muito interessante seu relato, mas, sinceramente, pichar pra mim não é arte, é vandalismo. E na hora certa, quando todos notarem o quão mal ela causa para a imagem de uma cidade já corroída pela violência, corrupção, infra-estrutura, trânsito, que é o caso da cidade de São Paulo. Bom texto, foi objetivo. Sem mais.

Leandro Merlllin 8 de agosto de 2009 03:00  

Rá!
Eu costumo fazer esse tipo de arte (no meu caso, eu TENTO fazer), porém dentro dos limites do meu quarto mesmo...

Eu sou daqueles que dividem "pichação" e "grafite" como duas coisas completamente diferentes, dois lados de uma mesma moeda que beira e linha do crime e da liberdade de expressão.

Me ponho no lugar de uma pessoa alheia a tudo isso e que não quer ver a sua casa com um muro cheio de escritas estranhas... Mas de fato, quem tem realmente a prática pra isso merece algum êxito (dentro da lei)

Parabéns pelo post
e abraços!
- Leandro Merlllin
Olhar de Sal de Jack, o Estripador
http://olhardesaldejack.blogspot.com

Maria Lia 8 de agosto de 2009 03:36  

já tive amigos pixadores.
Não recriminava, mas de vez em quando dizia que aquilo não era pra eles. Que não tinha propósito. Hoje, acho q eles não pixam mais. Perdi o contato com eles, mas tbm nunca mais vi seus "desenhos" pelas ruas da minha cidade.

Não vejo como "arte". Acredito que se tu queres expressar algum tipo de arte, nas ruas, escolha o "Graffiti". Acho muito mais válido.

Muito interessante o Post. Parabéns.

nane-chan † 8 de agosto de 2009 10:09  

Oh, quando você começou a escrever achei que era favorável a pixação, mas apenas no meio que mostrou sem pensamento atual. Teu texto no começo me revoltou, concordo com isso, mas agora eu entendi o que quis passar.

Sobre a pixação? É clichê chamá-la de revolta. Pensando de certa forma para mim não é revolta nenhuma. os pichadores querem espaço, apenas isso. Mas isso não é razão suficiente de destruir o espaço alheio com sua "arte" para chamar atenção. Para mim, a pixação somente é arte quando existe um espirito artisitico e crítico dentro dos que pintam. Os que fazem isso só para aceitar a adrenalina não são artistas, pois a arte é mais do que desenhos ou palavras escritas em uma parede, é sentimento grafado na parede.

:* parabéns pelo blog.

Itamar (japa) 8 de agosto de 2009 10:13  

fala brother, cara ri muuuuuito na hora que a policia pegou vcs, imaginei toda a sena, hahahaha!!!!

sei muito bem como é o lance de fazer algo ser pego e apanhar prq vc é o "mais forte" da turma...hahahah.. tbm sei que qndo a gente é pia fazemos um monte de cagada, citei até no teu outro post as "bombinhas" hahaha... mais é foda cara no momento que estas coisas acontecem a cabeça é outra a´te mesmo as companhias influênciam um pouco, mas como vc disse só quem esteve ligado a algo tem como saber a sensação de cada atitude e o porque, criticar sem se ter pleno conhecimento é inconveniente....

Minha opinião sobre pichação é negativa, eu pessoalmente não acho nada em pixaçoes, mas sei lá cada um tem a sua cabeça, só acho q é um monte de risco que não da pra entender nada, além de deixar as cidades sujas e nojentas,tipo acho q grafite sim é arte, e a galera que pixa devia migrar pro grafite....ai sim acho massa! existem pixações que são expostas pra protesto e estas de certa forma acho validas por exemplo aqui em ctba tem uma em cima de um viaduto da linha verce escrito bem grande "FORA GLOBO" aprecio muito cada vez que passo lá..hhahaah.......
falando em globo, a ultima parte do seu texto refere-se a midia, pois é ai te pergunto e as pessoas que nem tão ligadas como é o esquema de pixar,.... elas vão pelo que a tv diz não é mesmo...então vc é (ou era nos tempos de pixador)um favelado e tals???..


saudações ...é nois!

Gabriel 8 de agosto de 2009 10:43  

nossa velho
gostei demais desse post ae
o texto ficou bom pelo começo, em que você sabe exatamente do que se trata o assunto, e do final, essa tua experiÊncia =DD

http://zuerado.blogspot.com/

PanPum Flûor 8 de agosto de 2009 10:57  

caramba, vc, ex-pichador :~
pq parou ?

eu acho q quando vai-se a rua, pichar qualquer merda é uma revolta --' mas quando se coloca algo legal, como muitas ruas daqui da minha cidade tem .-. é legal :D

eles colocaram varios desenhos estranhos, nada haver, alguns valorizando a cultura, outros de prevenção as drogas e talz, acho interessante :D

Fabricio bezerra da guia 8 de agosto de 2009 11:09  

Pichação não é arte,por que é só algo riscado nas paredes de alheios,é um vandalismo.seria arte se fosse num local permitido.Assim como se uma ópera de richard Wagner fosse exibida no meio da madrugada no meio da rua,ou peças de teatro fossem exibidas no meio do transito não seriam arte

Lucas Alsil 8 de agosto de 2009 11:51  

esse sim eu li inteiro, e me lembrou uma música, (depoimento de um viciado) auhsas.

acho que quando você é moleque, é revoltado por natureza,e ae quer descontar em algo (pelo menos comigo era assim, só que eu era mais novo, 12,13 anos e as minhas nunca sairam dos muros da escola, dos banheiros e das carteiras da sala de aula.)

hoje eu coloco a mão na consiencia e vejo o quanto é ridiculo ficar escrevendo o nome por ai Lcs, Asl (era isso que eu fazia, quanta cabacisse), e hoje quando fazem isso no muro da minha casa eu tenho vontade de matar o abençoado.

ushaus, aaah com meu brother aconteceu isso tbm, levou um banho de tinta do cambé, e uma surra do pai quando chegou em casa. aushauhs

pelo menos aprendemos que hoje isso é maior cabacisse que existe. haha

abraços
Alsil (y)

Lucas Alsil 8 de agosto de 2009 11:51  

esse sim eu li inteiro, e me lembrou uma música, (depoimento de um viciado) auhsas.

acho que quando você é moleque, é revoltado por natureza,e ae quer descontar em algo (pelo menos comigo era assim, só que eu era mais novo, 12,13 anos e as minhas nunca sairam dos muros da escola, dos banheiros e das carteiras da sala de aula.)

hoje eu coloco a mão na consiencia e vejo o quanto é ridiculo ficar escrevendo o nome por ai Lcs, Asl (era isso que eu fazia, quanta cabacisse), e hoje quando fazem isso no muro da minha casa eu tenho vontade de matar o abençoado.

ushaus, aaah com meu brother aconteceu isso tbm, levou um banho de tinta do cambé, e uma surra do pai quando chegou em casa. aushauhs

pelo menos aprendemos que hoje isso é maior cabacisse que existe. haha

abraços
Alsil (y)

Diego Janjão 8 de agosto de 2009 13:11  

Não vejo nem graça e nem arte m pixação, polui visualmente a cidade com cores mortas...

prefiro o Grafite, é uma coisa mais elabora e colorida!

Tchezar 8 de agosto de 2009 13:29  

Na boa... Sou contra a pichação. Sou a favor da grafitagem.
Acho que assim... A pichação em forma de grafite é uma arte e que pode ser considerada em alguns casos como revolta.
Acho que a pichação é vandalismo.

Keffey 8 de agosto de 2009 13:30  

Não conheço muito essa arte, mas pelo que já vi existe tanto o lado ruim quanto o lado bom disso tudo...
Alguns pixam por vandalismo mesmo enquanto outros transformam realmente a pixação numa arte. Acho que tudo tem sua moderação...

Cetreus Nominal 8 de agosto de 2009 13:38  

A pichaação é um meio de expressão não adequada a sociedade. Ela tem o seu valor, mas muitas vezes as pessoas a fazem por prazer de estar corrompendo o patrimonio publico, nem pela beleza do que é.

Logo, admiro voce estar amadurecido o suficiente para reconhecer essa bobagem que fazia

infelizmente, nao sao todos que vao ultrapassar essas sensações como voce o fez.

abraços e ótimo post ;P

Jose 8 de agosto de 2009 13:39  

Eu acho que a "pinchação" deveria servir como modelo de protesto contra alguma coisa, porém com a desvirtuação do objetivo principal se torno uma coisa sem sentido.

Pinchação só serve para protesta e nada mais.

Legal o texto.

http://aarche.blogspot.com/

Maria Lia 8 de agosto de 2009 13:49  

É bom mesmo ler um texto escrito desse jeito. Mas já é natural eu escrever assim. É como a gente fala, onde moro. hehehehehe

Então.. digamos que exista uma "inspiração" pro meu texto. Mas eu gosto de florear. Botar mais sentimento. =)

Valeu pela visita. Fiquem à vontade pra voltar e comentar. =)

A propósito, gosto muito do Schraubles. o/

Beijos

Itallo Antonny 8 de agosto de 2009 14:00  

Pichação e Crime, gravite e Arte!

renata menezes 8 de agosto de 2009 14:09  

Picação é revolta, graffiti é arte. Pixação é para a pessoa ficar feliz por ter sua marca em algum lugar, graffiti é pra expressar ideologias. Aqui na minha cidade tem graffiti dizendo: Seja Vegetariano, muito massa; muito melhor do que esses que colocam seus nicks, que não tem sentindo nenhum!

Adriano Viana 8 de agosto de 2009 14:28  

Puts velho, eu imagino a cena de vcs dois pintados!! Deve ter sido osso!! Na minha opinião eu acho a pichação mo errado, so polui visualmente o ambiente!! Abraço!!

Thamii ~ 8 de agosto de 2009 14:39  

Pra variar mais um bom texto, um ótimo tema.
Sinceramente não sei se é por revolta ou pra chamar atenção... independente do motivo, acho horrível.
É claro que todo mundo tem lá os seus motivos pra fazerem qualquer coisa, inclusive pichar, mas não acho que seja 'justificavel'.
Não estou discriminando nem nada (pelo menos não é a intenção)... e acho que entendo esse lance de ganhar popularidade entre as pessoas ou revolta com o mundo, mas acho que quem picha por esses motivos tem mente pequena... e quem acha que isso é arte, grande engano.
Sobre o que vc falou da mídia, isso é uma droga, mas é verdade...
E sobre a história que se passou com você, desculpa, mas achei engraçada...
E agora eu to virando seguidora né, eu acabo sempre entrando aqui mesmo, e sempre tem algo ótimo pra se ler, parabens!!!

RznD 8 de agosto de 2009 15:41  

Acho que a pichação envolve mais a questão da popularidade, de você marcar o território com as rápidas e tags... Mesmo assim não deixa de ser uma arte, que é dita pela lei como ilegal...
O Graffitti já envolve toda uma cultura, uma arte contestadora, acho que nela está a revolta consumida... =]

Emilinha 8 de agosto de 2009 15:43  

Vinícius, rolei de rir com a sua história. Posso publicá-la no meu blog? É isso que a gente precis conhecer: o real motivo da vontade se pichar. É a adrenalida, como vc falou, o combustível pra esse ato condenável, pois só é bom quando falamos de grafiteiros, cada um com sua linguagem e criatividade, decentemente, além de ser muito mais bonito! Super beijo.

Wander Veroni 8 de agosto de 2009 15:49  

Oi, Vinicius!

Gostei muito de ler o seu relato. Creio que o fato não é da pichação ser um crime, mas do pichador "sujar" uma via pública ou um espaço privado. O fato é que se ele mesmo quer respeito, que respeite o espaço do outro ou contribua para preservação de algo que é coletivo.

Não falo nem do Grafiti ou da pixação em si, mas da arte de rua de maneira geral. Há várias formas de se fazer e modos honestos para se ter reconhecimento.

Confesso que vc e seu amigo tiveram muita sorte dos policiais terem feito apenas essa "brincadeira" com a tinta. Já ouvi relatos muito piores e de humilhação.

Fico contente da sua "ficha ter caído" e, espero que algum dia, você nos conte que conseguiu visibilidade como artista.

Abraço,

http://cafecomnoticias.blogspot.com

Juillet 8 de agosto de 2009 15:54  

Bom,pixaçao nao curto.
mas grafitaçao e diferente e uma arte que pessoas fazem para deixar algum lugar mais colorido!
bj

Rubitcha 8 de agosto de 2009 16:02  

hahaha, que história hein! Fiquei imaginando dois seres de vermelho, engraçado.

Nunca tinha ouvido um fato de um pixador, nem mesmo de um ex, achei bem interessante... e que ÓTIMO que deu na sua cabeça que não era uma coisa boa, pq a cidade fica bem feia, convenhamos rs

K.Rafael 8 de agosto de 2009 17:07  

Assim como o crime organizado, as pichações são vistas por uma ótica preconceituosa, porém preconceituosa apenas com os favelados.

Certa vez estava na escola e um cehiro ruim de tinta tomou conta da sala, dpeois ficamos sabendo que um playboyzinho tinha ixado o quadro e as paredes de uma sala pq tinha sido reprovado no ano anterior.

Durma com uma bronca dessa!

Junior 8 de agosto de 2009 17:08  

Vinícios!

Legal sua história e sua opinião.

Lá vai a minha: Sou contra pinchação em propriedades Públicas e privadas. As pessoas devem ter consciência de cumprir a lei do estado. Mas creio que deve existir na cidade, um espaço destinado a arte moderna.

É claro, sem vandalismo, mas me diga, vc não acha que o emocionante não é justamente corromper a legalidade?

Assim é a resposta dos pinchadores que eu conheço. ^^

Apoio a prática dentro da legalidade.

Até mais.

Cão Pelado 8 de agosto de 2009 17:16  

Pra mim não é nenhum e nem outro...é falta do que fazer mesmo...

Arte se faz sem invadir ou sujar ou apagar, arte é uma manisfestação do ser humano com expectativa de estimular os expectadores a pensar, mas sempre por mei legal e sem denegrir a imagem de ninguém...

Revolta todo mundo pode ter, é do ser humano sentir revolta, seja lá pq o time perdeu, pq os políticos não valem 1 centavo, ou pq os pais não dão atenção...mas nem por isso as pessoas saem pichando o mudo de outras pessoas por aí...

Visite e comente tb:

http://caopelado.blogspot.com/

O mundo de cada um 8 de agosto de 2009 17:49  

Cara muita coragem sua falar dessa parte da sua vida. E não precisava os policiais fazerem aquilo, nenhum crime justifica isso. Já saou frequentador assíduo desse blog, adoro a sua forma de escrever.

O util do inutil 8 de agosto de 2009 18:14  

Minha opnião e nd mais.
Bom para tds aqueles q dizem a exemplo é arte etc.
É nada é vandalismo sim, e deveria ser crime com uma lei bem dura, se bem q uma surra resolveria.

Gostei do blog porem não gostei dessa opnião de motivos, não existe motivo e sim vandalismo na pichação

V_ Leal 8 de agosto de 2009 18:15  

Esse tipo de pichação não é arte, muito menos moderna. É trangressor da pior forma, já que não se ganha nada. No entanto tem aqueles que sim, fazem arte sendo 'importados' e ganhando muita grana inclusive.
Fazendo das paredes seus recados, quadros.
Sobre o preconceito nao é só na pichação que o senso comum acha que é coisa de "pobre e negro".

juh s.e.p ϟ 8 de agosto de 2009 19:39  

suahsuahsuahs' 'hulcks' adorei! euri!
mas falando serio també acho que pichação suja a cidade e a deixa mais feia. não sou a pessoa certa pra julga-la de arte, mas eu acho que quando beem feita é bonita, mesmo sendo pribida e talz.
shaushau' ain tive paciencia pra ler um texto grande, hsuahsuas' e adorei.
beijos :*

MichelAguiar 8 de agosto de 2009 20:02  

pichação é arte ,além de ser um forma passia de revolução

Marciannu 8 de agosto de 2009 20:26  

Nossaaaaa.....fiquei surpreso com esse relato.....eu como uma pessoa sempre exemplar q fui nunca achei isso interessante e tb sou completamente contra....apesar de não sair julgando ninguem não acho uma coisa legal não.....mas q eu ri muito das porrada e do banho q tu levou ... ah isso foi bem feito.....KKKKKKKKKKKKKKK.....ainda bem q hj com a maturidade veio a responsabilidade e vc é um novo Homem....huahauhauhauhauah

SERJAO_O_MARMANJJUS 8 de agosto de 2009 22:33  

obrigado pela visita e pelo comentário no MARMANJJUS continue visitando e comentando, eu vou continuar retribuindo as suas visitas.


em relação ao post,
pixação não tem nada a ver com arte.
pixação é caso de depredação depatrimonio particular.
pixação é crime, contra o patrimonio.

arte é graffite, grafitar é uma arte, bem diferente que emporcalhar a cidade com frases idiotas feitas por idiotas que saem a espreita pra depredar o que é dos outros,


quer mostrar sua arte?
vá criar grafite em lugares específicos, venda sua arte e ganhe seu dinheiro com ela,não fique emporcalhando a cidade com coisas idiotas que só idiotas entendem.

Yakimishi 9 de agosto de 2009 00:38  

Não acho que seja arte.
Na minha opinião, só crianças (seja mentalmente, haha) querendo se destacar na sociedade.
Depende do ponto de vista, claro... Cada um pensa o que quer. =/

John Érico 9 de agosto de 2009 00:43  

Para mim, não tem o que se pensar quanto a isso: pixação é vandalismo, estão manchando a cidade, oras! É como Cazuza: algo ruim, marginal e que só fazia mal e machucava a todos: entretanto, todo mundo gosta. Parece simples quando se fala, não? Mas não para quem faz esse maldito vandalismo, para eles, isso é certo.

Abraços!

fanfic7 9 de agosto de 2009 00:52  

É ilegal, mas é lindo. Eu acho uns desenhos tão maravilhosos, hahaha


http://virandoocopo.blogspot.com/

thaiana 9 de agosto de 2009 00:58  

nunca curti muito a pichação e achei desnecessario os policias fazerem aquilo...
bater e dar banho de tinta e seu amigo ainda tava rindo...

Alexandre 9 de agosto de 2009 01:01  

Primeiramente seu blog esta muito maneiro, texto muito bom!
Não apoio esse lance sair por ai pichando muro. Eu acho que jovem teriam maneiras melhores de se expressarem.

Simon Broenni 9 de agosto de 2009 01:26  

muito bom o blog.
parabens..

gAng 9 de agosto de 2009 01:31  

"Eu nunca achei a pichação uma arte, se fosse arte não seria proibido, eu gostava da adrenalina que a pichação me passava"

arte é o grafitti
a pichação vira quase um esporte, feita só pela adrenalina^^

www.hysteria-project.blogspot.com

Inez 9 de agosto de 2009 01:34  

Pra mim a pichação não é coisa de pobre, favelado ou coisa do tipo, é sim molecagem de quem não tem o que fazer e vai buscar adrenalina de forma inadequada e perigosa.
Já fez a entrevista com a psicóloga na empresa?

* Gil * 9 de agosto de 2009 01:36  

Acho que esta mais pra revolta do que pra arte...Revolta + Vandalismo,pois em muitos casos,prejudica patrimonios publicos,que são a historia da cidade...Como vc disse isso não é grafitti,portanto,nãoé arte!

SERJAO_O_MARMANJJUS 9 de agosto de 2009 01:39  

vc entendeu meu comentário, eu não citei nomes e nem seria louco de fazer isso. só dei minha opinião sincera sobre o que eu acho do assunto.
peguei pesado, sim. mas é foda né. meu muro aqui vivia cheio de picações. fui obrigado tirar o muro e colocar grades.
pronto
acabaram os meus problemas.


não se ofenda se eu fui meio grosso ou duro.
não era minha intenção ofender nem denegrir ninguém.




passa lá no marmanjjus, tem um assunto interessante.
sobre os trapalhões.

Administrador[NB-KS] 9 de agosto de 2009 01:41  

Ah, na minha opniao, arte é tudo aquilo que você tira do coração e expressa isso em qualquer forma, como o graffiti, pichação, ou até mesmo em um blog,
eu não critico ninguem, acho que não tenho o direito de criticar as pessoas, antes de eu me "auto-criticar" cara, fico feliz por você postar sobre esse assunto, gostei do modo que vc usou as palavras.
Putz... outra coisa que até hj penso, pq eles consideram crime, a pichação(//corrija-me se estiver errado a grafia), po... pq nao prenderam pablo picasso?? ele pintava telas, eu chamo aquilo de rabisco po...
a cara.... o mundo está perdido,
as autoridades não sabem mais o que fazem.

Obs, tenho 15 anos, e esse momento, foi a primeira coisa que fiz de bom hoje... foi ler seu post e comentar...
Abraços

___________________________________

Visite meu blog,
Post novo sobre avatares :D
http://www.narutobayo-ks.blogspot.com/

Leo 9 de agosto de 2009 01:43  

Graffiti é arte.
Pixação é simples revolta.
Porque os pixadores não pintam os murus de suas casas?
Já que querem mostram "fama" que fassam no deles.

http://parada-ob.blogspot.com/

Administrador[NB-KS] 9 de agosto de 2009 02:00  

É, acho que se fomos falar de certo/errado, crime/heroi, vilao/mocinho.. iriamos ficar bastante tempo falando, mas ainda sim cara, nao considero como crime a pixação,
**me auto-corrigindo: critico sim, como crime, matar, roubar, sequestro estrupo, mas, a pixação, eles só tao se expressando,
é... mas cada um tem sua opiniao neh cara...

Como diz o grande filosofo Socrátes:
Só sei, que nada sei.
Abçs

Administrador[NB-KS] 9 de agosto de 2009 02:18  

Tudo bem então, mas... se fosse pra mim me "expressar" mesmo... isso iria durar bastante... nem precisa postar esse coment... entao.. eu agradeço de vc falar sobre isso.. acho que estou me sentindo bem melhor.. talvez eu estava precisando me "expressar" um pouco... só nao vou pixar nada aí, pois não quero talvez... ser considerado como favelado pela grande sociedade..
mesmo assim.. valeu
abçs

Lorena Alves 9 de agosto de 2009 02:46  

Eu não gosto de pichação ... suja a cidade de fato !
e é totalmente desnecessária , mas não gosto de julgar ninguém por isso ... cada um faz por algum motivo em especial e é apenas minha opinião ...
=)

Camis 9 de agosto de 2009 03:20  

Pixação é revolta, sujeira,baderna.
Agora grafite sim eu considero arte.

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Kaory 9 de agosto de 2009 03:25  

Primeiramente, parabéns pelo blog, gostei muito do texto!
Nunca tive muita informação sobre esse assunto, principalmente de pessoas que fazer ou fizeram isso.
Particularmente, não gosto muito por preferir os muros limpinhos xD mas também nunca tive contato e fui tentada a tentar.. creio que seja como todas as outras coisas da vida, tem esse lado bom da adrenalina [que realmente deve ser ótimo], até o reconhecimento e tal.. e também o ruim, para mim ruim, de mais um muro pichado na cidade xD
Enfim, parabéns mais uma vez pelo blog!
Kaory

Tiago Dadazio 9 de agosto de 2009 03:31  

revoltados sem causa!

acha, poderiam pichar em outros lugares, mas vão bem em bens publicos e privados!

raulengel 9 de agosto de 2009 04:38  

contanto que nao seja na minha cara...
mas pra mim arte se encaixa em outra categoria, como por exemplo uma ópera!

abraço

Tiago Dadazio 9 de agosto de 2009 04:52  

GRAFFITI SÓ O JOGADOR...TEM MUITAS OUTRAS MANEIRAS DE SE EXPRESSAR!

Tiago Dadazio 9 de agosto de 2009 04:56  

COMO EU DISSE...
SÓ NAO VALE PICHAR EM LOCAIS PUBLICOS E TAL...
DE RESTO...

Fabio Bustamante 9 de agosto de 2009 05:29  

Na minha opinião, a pichação é mais uma forma de revolta que de arte. O Grafite eu considero arte, por embelezar o cenário urbano. Achei bem legal o seu blog, por ter um conteúdo inteligente e interessante. Outra postagem que me chamou a atenção é a "Que tal um pouco de NOSTALGIA?", que nos leva à uma viagem pelo passado, quando a grande diversão era jogar Mario e futebol no Super Nintendo(Bons tempos). Se puder, visite o meu blog: www.bloguefabio.blogspot.com

fabriciobezerradaguia 9 de agosto de 2009 10:20  

'Muito legal seu blog', 'Muito interessante', 'gostei'

brincadeira


eu já comentei nessa postagem,vou comentar na postagem sobre anabolizantes

mateusbonez 9 de agosto de 2009 11:25  

revoltados sem causa! (2)

Pichadores me irritam! rs.
Bom tema, blog massa ;D
http://tiomah.blogspot.com/

JOY 9 de agosto de 2009 11:38  

Oláá,
bom texto, mas na minha opinião a pixação não é ARTE (NUNCA) e nem revolta é vandalismo, um jeito de chamar a atenção, mas sem deixar mensagem nenhuma, por isso não implica em revolta, pq a revolta consiste em mostrar para uma sociedade algo de errado que pode estar ocorrendo ou mostrar certos pensamentos que possam discordar ou concordarem, coisas assim, a pichação é um vandalismo imenso, porque em TRENS, ônibus, nos muros e portas, você vê coisas sem nexo e principalmente vulgares, nomes de "grupos" que são formados pelos mesmos pichadores etc.
Infelizmente é a coisa mais comum de se ver, e o pior que estas são as mesmas pessoas que destroe mtambém o que é de uso público e comentem as inflações que só são prejudiciais a sociedade cega e de senso comum!

Ta aí minha "crítica"!

Visite também
http://joycebc.blogspot.com

Blog Do Gustavo 9 de agosto de 2009 12:46  

Eu não gosto de pichação...mas tem alguns que são muito loko!!

Lombardi* 9 de agosto de 2009 13:28  
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
arash gitzcam 9 de agosto de 2009 13:34  

No resultado de repente se conhece alguns blogs bons.

Inez 9 de agosto de 2009 13:34  

Eu entendi que voc~e parou de pichar, fique transquilo.
Quanto a entrevista não se preocupe eles podem chamar ainda, as vezes demora mesmo. Caso não chamem aparecerá outras oportunidades.

... 9 de agosto de 2009 13:35  

cara sou meio suspeito a falar de pichação, não sou muito a favor dessa rebeldia desorganizada.
sou mais do grafite,
tá eu sei que to falando merda, mais nessa area sou muito desorganizado,
ashasahsuahushuashas

mais o blog gostei muito,
já tentei fazer um blog a seu estilo fico com ciumes, nao tenho esse dom para esse estilo de blog, parabens.

auhsauhsuahshuashuahsas

http://opoestadeplutao.blogspot.com/

Camila 9 de agosto de 2009 13:52  

Gostei muito do seu blog, mas sério, odeio pichação. Que bom que sua fase passou.
Mas adoro Graffiti. Acho que se tiver uma casa, vou pedir pra alguém fazer um Graffiti maneiro nos muros, pra evitar sua ex-galera!
Cê escreve muito bem também.
Gratz! (y)

Global Teen 9 de agosto de 2009 14:05  

esse aki é akela espécie de blog inteligente, cheio de opinião e viciante! Parabéins!

BeeijO
http://purpow.blogspot.com/

Fernanda Toledo 9 de agosto de 2009 14:15  

Eu não sou a favor da pixação.
Em maioria, as pessoas querem um reconhecimento, uma valorização que não conseguiram de forma natural, achando na pixação uma saída, sem terem noção que isso não é "arte" e nem forma de expressão válida. (às vezes nem tentaram buscar um reconhecimento)

Porém, morando em São Paulo, vejo em diverosos lugares paredes "lindamente pixadas" - estranho isso , não? - onde percebomos arte, não apenas letras estranhas mal elaboradas com mensagens estranhas.

Mas tudo que é perigoso e proibido tem um gostinho desafiador, que em adolescentes (maioria, acho) e até adultos, dispertam um interesse em querer quebrá-lo.

E quanto a posição da polícia, acho, mais uma vez estúpida. Certo que serviu para fazer você desistir dessa "arte", mas como em outros casos que já vi, muitos policiais aproveitam do poder que tem e acabam humilhando pessoas -isso em diversos casos, não só este da pixação. Um caso para se pensar!

Ô Notícia 9 de agosto de 2009 14:16  

Nossa velho, sua historia é bem legal e concordo com vc, para uns é molecagem e para outros é uma forma de expressão ou até mesmo uma forma de ser expressar para ser reconhecido pelo alguém! Ainda bem que vc não faz mais isso, como vc mesmo disse deixa nossas cidades tudo sujas....... muito bom pôster, parabéns!

http://onoticia.blogspot.com

comentarnaodoi 9 de agosto de 2009 14:24  

Excelente post e obrigado por perguntar nossas opiniões. A pichação é vandalismo sim, porque é crime, mas isso óbviamente não dava direito nenhum aos policias de fazerem o que fizeram e agradecê-los não só admite o abuso de poder como compactua com ele. Alguém já me disse que a dominação só está realmente completa quando o dominado começa a PENSAR como o dominador, por isso uma das primeiras coisas feitas quando os portugueses chegaram ao território brasileiro foi construir uma igreja. Além disso achei um equívoco quando li "se fosse arte não seria proibido", sabia que muitos livros de Jorge Amado (só para dar um exemplo) foram proibidos só por fazerem críticas socias? Pois é, devo dizer que eu GOSTO do proibido, da transgressão, porque afinal de contas, não é sinal de saúde mental ser ajustado à um mundo onde quem DEVERIA proteger-lhe é na verdade quem lhe oprimi.

paginasonline 9 de agosto de 2009 16:22  

Eu já tive meus dias de "vandalismo" hahaha
Adorava pixar o muro da escola onde eu estudava e qd descobriram eu fui convidada a me retirar da mesma (qse expulsão) uhauauaha

Mas hj tenho filhos e não vejo eles nessa situação, Até pq é crime!

Como sempre ótimos posts!
Parabéns!!!

BjOs^^

PeÐro BanÐoli 9 de agosto de 2009 18:46  

hehe' Vinicius, muito bom o post, sério mesmo. Pixação é interessante, acho que é o tipo de coisa qe eu faria se pudesse, ahauhahuah' Mas, pensando bem, é apenas uma tentativa de chamar a atenção e nada mais, e tem consequências sérias, ;p
Não vale, portanto, tanto a pena assim ter seus "15 minutos de fama".

Abração
Ps: Ganhou um seguidor (Y

Gabriela Moura 9 de agosto de 2009 18:52  

Olha, serei sincera, nunca fui a favor da pichação.
Já vi entrevistas com pichadores falando que fazem isso pra serem transgressores memso, e q nao iriam parar. Tehnho pena de sair por ai e ver td sujo, acho feio, nao considero arte, de verdade. O contrario do grafite, esse sim eu acho legal. Sou a favor das pichações serem cobertas, mas tb sei q quem faz, dificilmente vai parar. Acho q a conscientização é o metodo mais eficiente, mas tb é o mais longo, q a gente so vê o resultado a longo prazo. mas fico feliz q vc tenha parado, certamente existem muitas outras atividades bem mais legais x)

Avassaladoras Rio 9 de agosto de 2009 22:47  

Querido amigo avassalador...
O que me espanta são aquelas letras estranhas em locais que nem o homem aranha conseguiria chegar!
Não acho que seja arte... nem revolta. è apenas umjogo, uma brincadeira como os caes fazem... marcando territorio.
Destroem patrimonio inestivel pixando monumentos e locais historicos... Não gosto desse tipo de "arte".

Thalisson Teixeira 9 de agosto de 2009 23:04  

Cara, muitos fazem isso só para estragar o patrimônio alheio... porém muitos usam de arte e uma forma para expressão sua indignação com alguns acontecimentos.
abraço e sucesso.

gAng 9 de agosto de 2009 23:04  

cara...
grafitti eh arte
pichação nao... eh adrenalina, já vi lugar pichado a num sei quantos metros de altura... o cara quase se matou pra pichar akilo lah
eh aventura mesmo

www.hysteria-project.blogspot.com

Larissa 10 de agosto de 2009 00:30  

Concordo com você, acho q pichação só é mais um modo de sujar a cidade, e tbm como vc falo tem muita gente q faz pra ficar reconhecido, mais tem muitas outras coisas melhores pra ter esse reconhecimento...
desculpa a demora e obrigada pelo selo :D
bjoos

KGeo 10 de agosto de 2009 02:01  

algumas das pinchações são legais

iti 10 de agosto de 2009 08:33  

gostaria de um dia ter pixado uma parede...
nunca tive essa loucura em mente
http://www.maquinazero.com.br/

Allerson 10 de agosto de 2009 08:34  

Existe Pichação e Grafite né, Pichação já diz tudo é vandalismo já o grafite é uma arte, a pichação não traz beleza nem felicidade é apenas uma coisa ridicula, poluir as cidades, o grafiti é mto legal pq é uma arte.

www.allersonblogger.blogspot.com

Guttwein 10 de agosto de 2009 09:17  

Olha cara, acho que existem formas e Formas de se expressar...
Eu já fui integrante de um grupo de GRAFITAGEM(!), os caras estão na pista até hoje, pra mim, não serve mais... o propósito de outrora, que me satisfazia, perdeu por completo o sentido.
Mesmo havendo um abismo entre grafitte e "pixo", infelizmente ainda existe um mar de gente que os confude, aliás, confunde não, considera-os a mesma coisa! ¬¬

Fazia o que fazia, pq sempre tinha uma mensagem para passar... política as vezes, critica social e por ai afora. Além do prazer de desenhar, uma forma de concientizar inúmeras pessoas, levando-se em conta que os desenhos ficavam bem expostos pela cidade.

Enfim, repudio o "pixo", uma vez que tem muito "kamerad" que não tem critério algum e não perdoa nem igreja!! ¬¬ Acho que a adrenalina é forte, a questão de ficar conhecido então, nem se fala, mas o desrrespeito de uns acaba marcando a todos... infelizmente é assim

dede_198 10 de agosto de 2009 16:46  

Pichação é loucura, é estilo
É ir contra o sistema.
Essa ideia loka que me chama atenção.

Masss não tenho essa disposição .

Henrique 10 de agosto de 2009 20:07  

Realmente, pichação é uma arte proibida. Prefiro o Grafiti, que por sinal é uma "arte" mesmo.

Achei muito interessante o tema.

Se puder, visite

http://mundobizarro10.blogspot.com/

Abraços!

Leoni 10 de agosto de 2009 23:44  

Cara... não há como não dizer "muito interessante'!

Sobre o texto, penso que pixar seja crime! Grafite, é arte. Grafite, quando autorizado, é lindo!

:]

Abração!

Leoni

dede_198 12 de agosto de 2009 15:47  

Ahhh !!

Que isso, o bom do grafite tambem é sem permissão.
Grafite autorizado é favor ...

Gilmar Santos 14 de agosto de 2009 23:13  

Considero uma arte, apesar de que às vezes deixa transparecer um pouco de revolta...

Rafael Rocha 16 de agosto de 2009 15:48  

Bom, eu só considero o ato de pixação uma arte, quando é autorizado. Sem ficar pixando muros da casa dos outros e talz, mas fora isso não vejo problema algum... eu acho... hehehe

Abraços.

Anônimo,  17 de agosto de 2009 16:37  

Eu pinxo,mas cara....
Não pinxo em casa dos outros nem nada do tipo,pinxo na escola(carteira,parede) e alguma qualquer da rua...
Mas nunca,pinxei um muro!
O máximo q pinxo é escrito meu apelido(não posso colokar ak) pikeno em algum portão ou coisa do tipo!
No máximo.....

Seu blog é muito bom,parabéns

Jefferson Reis 1 de setembro de 2009 04:12  

Devo confessar que conforme lia o texta ia reformulando meu comentário. Sabia que você iria argumentar se pichação é arte ou não. Então resolvi citar o graffiti. Mas como você é o autor do Blog e um ex-pichador, tenho que respeitar seu pedido de não-confusão entre pichação e graffiti.
Particularmente não gosto dos rabiscos, palavrões e tudo mais que os pichadores marcam por ai. Porém, como você disse, o maior mal de tudo é o perigo que essas pessoas correm escalando muros, subindo em casas e até mesmo em brigas de guangues ( sem contar a polícia desgraçada de nosso país). Mas a questão é " O que fazer para melhorar tudo isso?" O graffite, é arte, deixa a cidade bonita e não traz riscos. No entanto, não pode fornecer o que os pichadores buscam, adrenalina e perigo.

Anônimo,  24 de novembro de 2009 13:21  

aushdusad gostei muitu da historia =D
axu q pixação uma forma bm legal d expressar sentimentos e seu pensamentu
ñ é correto mais faze u q tudu q é errado é bom :D
flws

italo truk 157 7 de abril de 2011 14:50  

achei o post de 1000 gral
tenho 13 anos pincho muito
meu vulgo e truk
picho para ficar digulda i divugar meu bonde no qual sou dono mas o principal motivo para pichar eficar conheçidos por todos do meu bairro menos meu pai e minha mae claro
rsrsrsrsrs
paticipa http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=113006765da comunidade do meu bonde

  ©Template by Dicas Blogger. - Alterado por Vinicius Gabriel. - S c h r a u b l e s - No ar desde 01/06/2009.

SUBIR